Não estamos sós!

img_4792
Tem louco pra tudo. Até para ter um i3. Eu, Leonardo Celli e nossos brinquedos.

Dia das crianças. E lá vou eu com a família, em meu brinquedo, curtir um churrasco com amigos em Campinas. Paro no posto Graal no Km 67 da Anhanguera e deixo o carro recarregando no modo CCS (carga rápida, em corrente contínua). Funcionou que é uma beleza. O treco é rápido mesmo. E, de acordo com o engenheiro da CPFL, Wendell, vai ficar ainda mais rápido em breve. Mas, mesmo nessa configuração atual, que não está com 100% de sua capacidade, foi capaz de carregar de 33% a 87,5% em cerca de 24 minutos. Espetacular!

img_4790
A recarga rápida, no modo CCS em corrente contínua, é realmente rápida.

Quando cheguei e estacionei o carro no ponto de recarga, estava sozinho, ocupando uma das duas vagas. Pausa para um pipi-stop, comprar água e, na volta, eis que tem um belo i3 cinza escuro do lado do meu carro. E um sujeito que parecia ser o dono dele por perto. E era mesmo. Conheci o Leonardo Celli, que também comprou seu i3 em maio e já rodou mais de 10 mil quilômetros com ele desde então. Desses mais de 10 mil, o Leonardo rodou apenas 800 quilômetros na gasolina. Pra efeito de comparação, eu rodei cerca de 3.500 quilômetros no mesmo período.

Voltando ao Leonardo, conhecê-lo foi quase como fazer contato com uma civilização alienígena. Não… não estamos sós no universo automobilístico.  🙂  O Leonardo prontamente me adicionou a um grupo de WhatsAPP de proprietários e interessados no i3 e, também, me adicionou a um grupo de Facebook de entusiastas do carrinho.

Batemos um papo rápido, passei a vez para ele recarregar seu i3, e parti para Campinas. Na volta, usei a bateria até uns 30% e, a partir de então, acionei o Rex. Não quis parar no posto da Anhanguera para recarregar, pois preferi voltar pela rodovia dos Bandeirantes. Aliás, abrindo um parênteses, em dezembro a CPFL vai inaugurar um ponto de recarga rápida no Graal do km 56 da Bandeirantes – UHUU!! Notícia dada em primeira mão pelo engenheiro Wendell. Valeu, CPFL!! O fato é que esgotei os 9 litros de gasolina e cheguei a um posto para reabastecer, já em São Paulo, com 24% de carga.

Abastecido, peguei o caminho de casa. Olho o painel e ele informa que o REx teria uma autonomia de 166 quilômetros. Recorde. ainda que teórico e sujeito a variações. Mas, depois de rodar us 10 quilômetros no REx, ao chegar em casa a autonomia estimada ainda era de 155 quilômetros. Foi a primeira vez que isso aconteceu. Teoricamente, o REx pode gerar até 140 quilômetros de autonomia com seus 9 litros de gasolina. Me pergunto se a BMW fez alguma alteração remota no firmware do meu carro que tenha causado esse aumento estimado de autonomia. Ou, se é apenas algum “bug” e, daqui a pouco, a autonomia estimada cairá drasticamente. Vamos descobrir.

img_4794
Me belisca que estou sonhando: o REx, gerador a gasolina, me prometendo 26 Km a mais do que o máximo projetado pela fábrica.

4 comentários sobre “Não estamos sós!

  1. Olá, Rodrigo!
    Nesse trecho de ida a Campinas até a parada no Graal da Anhangüera (em que você usou 2/3 da bateria), você saberia dizer qual foi a velocidade média da viagem? No trecho da rodovia, a que velocidade você trafegou?
    Tudo de bom,
    Carlos Albuquerque.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s